Notícias

Equipes de polícia saem pelas ruas apagando pichações de facções criminosas

Elas estão por todos os lados, principalmente nas periferias. Espalhadas pelos muros e, às vezes, até pintadas no asfalto. Mas as pichações feitas por facções criminosas para impor regras aos moradores estão com os dias contados, pelo menos no que depender da polícia.

Equipes da PM, em conjunto com a Polícia Civil, Guarda Municipal de Ananindeua e Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Social do município (SESDS) iniciaram, na manhã desta segunda-feira (11), a Operação Tolerância Zero, cujo objetivo é remover estas pichações feitas por facções criminosas localizadas na região metropolitana. 

A operação começou na área da Pedreirinha, no bairro da Guanabara, e se estendeu para o loteamento Carlos Marighella, no Aurá e comunidade do Vasquinho, no Curuçambá, bairros do município de Ananindeua. Além de apagar as frases que enalteciam os grupos criminosos, os órgãos de segurança as substituíram pela frase “Cidadão, denuncie o crime no seu bairro (181)”, na tentativa de fazer com que os cidadãos, normalmente acuados pelas facções e ausência do Estado, tomem coragem para denunciar os bandidos. Em todos os pontos os proprietários do muro foram previamente consultados. 

Pichações impõem mais medo aos moradores (Ascom PM)

De acordo com o coronel Albernando Monteiro, comandante de Policiamento da Região Metropolitana (CPRM), outros onze pontos de pichação com conteúdo criminoso foram identificados na RMB. “A Operação Tolerância Zero é uma forma de o poder público demonstrar que está tomando as medidas necessárias para garantir a segurança pública. É uma forma de inibir o crime organizado de externar suas ordens, por meio de pichações nas vias públicas”, afirmou. 


Ainda de acordo com o coronel, os locais de pichação também coincidem com os bairros de maior incidência criminal na área metropolitana e a resposta da PM já tem sido dada. “Nos últimos finais de semana, com o reforço do Comando de Missões Especiais, implementamos várias modalidades de policiamento e obtivemos bons resultados”, completou.

“Além de ser uma forma educacional e preventiva de combater o crime, nós teremos uma resposta da população, com certeza, pelo número 181, no Disque-denúncia”, frisou o delegado James Souza, responsável pela Superintendência da Polícia Civil na Região Metropolitana. O secretário municipal de segurança pública de Ananindeua, José Maria de Lima, conhecido por "Zezinho Lima", afirmou que o objetivo principal é mostrar a força do poder público em benefício da população. “Não tenho dúvida de que essa união vai ser bem-vinda para o nosso município”.

Pará Marina Santos, 35 anos, moradora do loteamento Carlos Marighella, a ação dos órgãos de segurança pública reforça a sensação de segurança. “Essa iniciativa é ótima, evita o constrangimento de pessoas que ficam intimidando a população”, elogiou a moradora que mora em frente a alguns muros com pichações. 

A Operação Tolerância Zero deve prosseguir nos próximos dias, em parte da área de circunscrição do CPRM, que abrange o 6º (Jaderlândia, Atalaia, Cidade Nova, Icuí e 40 Horas), 21° (Marituba), 29º (Paar, Curuçambá e Distrito Industrial) e 30º batalhões (Guanabara, Águas Lindas, Águas Brancas e Aurá), além da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar, com sede em Benevides. Juntas, as unidades são responsáveis por 26 bairros de Belém, Ananindeua, Marituba e Benevides.

(DOL)

Data: Segunda-Feira, 11/02/2019, 20:24:09 - Atualizado em 11/02/2019, 20:44:32

As 10 Melhores

Fases

Banda Caricato

Fases

Banda Caricato

Domingando

Thiaguinho

Domingando

Thiaguinho

Escondido Dos Seus Pais

Sorriso Maroto

Alô Alô

Grupo Na Veia

Alô Alô

Grupo Na Veia

Terremoto

Annita e Kevinho

Terremoto

Annita e Kevinho

Próximo Amor

Alok e Luan Santana

Próximo Amor

Alok e Luan Santana

Status que eu Não queria

Zé Neto Cristiano

Tô Pirando

Mel Chaves

Enquete

O Que você Mais Gosta na 99FM ?

  • Música
  • Prêmios
  • Locutores
  • Sacanagem
  • Jornalismo
Ver resultado parcial

Rádio 99 FM

Fone/Fax: (91) 3084-0111 | 3084-0170

Av. Almirante Barroso, 2190, 3º andar, Marco

Belém, PA, 66095-000