Notícias

Ex-deputado federal é acusado de estuprar filha de 4 anos e de agredir esposa

O ex-deputado federal Luis Carlos Bassuma (Avante) está sendo acusado de ter abusado sexualmente da filha adotiva quando a criança tinha quatro anos, em 2018.

A Polícia Civil da Bahia indiciou Luis Carlos, ele também foi denunciado pelo Ministério Público (MP-BA) por estupro de vulnerável. Ele também é julgado pela Justiça por violência doméstica. 

Ayla Maria Queiroz de Mello Bassuma, ex-esposa de Luis, pediu uma medida protetiva de urgência contra ele por causa do comportamento violento dele. "Além de problemas que estão sendo apurados com relação à filha menor". A menina foi adotada em 2015 pelos dois. Luis Carlos tem três filhos do primeiro casamento.

"Em razão das providências tomadas pela requerente para resguardar a integridade de sua filha menor, passou a ser ameaçada pelo mesmo e sendo esta pessoa violenta, temendo pela sua vida, pois sempre irá proteger a filha, vem buscar, de maneira urgente, a tutela da justiça, evitando sofrer atos de violência e ter até mesmo sua vida cerceada", diz a introdução protocolada pelo advogado de Ayla em dezembro de 2017.

Ela teria sofrido uma tentativa de agressão em dezembro de 2017, quando registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (Deam) de Brotas.

O advogado de Ayla pediu providências em relação ao suposto estupro cometido por Luis Carlos. "A pequena e inocente vítima conta com detalhes os fatos ocorridos e relatando com riqueza de detalhes, estando revestida de credibilidade, acompanhada de outros elementos confirmatórios, permitindo uma convicção idônea. No caso em tela, a vítima contou em juízo, detalhes do ocorrido antes e após a prática do ato delituoso", diz a inicial.

Foram apresentados à justiça laudos de médicos e psicólogos que provam que houve o crime. 

INVESTIGAÇÕES

Luis Carlos e Ayla estavam casados desde 2014 e deram início ao pedido de divórcio em 2016. Os abusos sofridos pela menina teriam contecido quando ela ia visitar o pai.

No próximo dia 3 de junho, Ayla será ouvida em audiência decisória, para saber se ela vai ganhar ou não a medida protetiva.

Em declaração ao jornal Correio 24h, Luis Carlos tachou a acusação como "terrível calúnia sem mencionar o outro e verdadeiro lado da história". Por meio de nota, o ex-parlamentar se defendeu. "Ayla, minha ex-esposa e mãe adotiva da criança, até hoje inconformada com o divórcio pedido por mim em função de seus desequilíbrios possessivos, procurou a imprensa e contou a versão que lhe foi conveniente, expondo a minha filha a mais uma grave humilhação e constragimento".

Ele falou também que "as acusações são falsas e foram rechaçadas pela Delegacia de Abrantes e afastadas pelo Ministério Público do Estado da Bahia, em relatório detalhado de 24 laudas".

(Com informações do Portal Correio 24h e Meio Norte)

Data: Quinta-Feira, 16/05/2019, 08:35:40 - Atualizado em 16/05/2019, 10:26:44

As 10 Melhores

Fases

Banda Caricato

Domingando

Thiaguinho

Domingando

Thiaguinho

Escondido Dos Seus Pais

Sorriso Maroto

Alô Alô

Grupo Na Veia

Alô Alô

Grupo Na Veia

Terremoto

Annita e Kevinho

Terremoto

Annita e Kevinho

Próximo Amor

Alok e Luan Santana

Próximo Amor

Alok e Luan Santana

Status que eu Não queria

Zé Neto Cristiano

Tô Pirando

Mel Chaves

Upa Upa Cavalinho

Jhenyfer Lira

Enquete

O Que você Mais Gosta na 99FM ?

  • Música
  • Prêmios
  • Locutores
  • Sacanagem
  • Jornalismo
Ver resultado parcial

Rádio 99 FM

Fone/Fax: (91) 3084-0111 | 3084-0170

Av. Almirante Barroso, 2190, 3º andar, Marco

Belém, PA, 66095-000