Notícias

As cidades paraenses com maior Produto Interno Bruto (PIB) são Belém e Parauapebas. O município de Bannach é campeão em mortalidade infantil e também um dos menos assistidos pelo Programa Federal Bolsa Família. Estes e outros dados sobre o Estado podem ser encontrados no 7º Anuário Pará 2016/2017. A publicação foi lançada ontem à noite, em Belém, reunindo políticos, empresários, pesquisadores e outros setores da sociedade local.

De iniciativa do jornal Diário do Pará, o Anuário reúne, em suas 845 páginas, as mais diversas informações sobre economia, política, cultura, universidades e do setor privado do Estado. O conteúdo completo e atualizado é resultado de quase um ano de pesquisa, tendo como fonte diversos órgãos públicos e privados. “Trata-se de um acervo gigantesco de informações que poderá ser acessado por todos os setores, como escolas, academias e gestores públicos, colaborando, inclusive, para a tomada de decisões”, destacou o diretor-presidente do DIÁRIO, Jader Barbalho Filho.

NOVIDADES

Este ano, a edição traz duas novidades. A primeira é uma tabela demonstrativa do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de todos os municípios paraenses nos itens Renda, Educação e Longevidade. Mostra, por exemplo, que o arquipélago do Marajó continua sendo a região com o menor desenvolvimento do Pará, sobretudo em educação.

A segunda novidade é o quadro de empresas com melhor desempenho e as maiores por setor nas regiões Norte e Centro-Oeste. No setor de metalurgia e mineração, a MRN (Mineração Rio do Norte) aparece em primeiro lugar entre as melhores do ramo na Região Norte. Já a Hydro Alunorte ocupa a 92ª posição entre as maiores empresas regionais no segmento.

A publicação traz, ainda, dados relativos à exportação, balança comercial e potenciais mercados consumidores. Para o diretor-geral do Grupo RBA, Camilo Centeno, o Anuário é a única fonte completa de pesquisa do Estado. “Uma empresa que está se instalando aqui no Estado, por exemplo, pode utilizar o Anuário para analisar o que fazer para ter um bom negócio”, lembra Centeno.

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Com tiragem de 15 mil exemplares, a publicação foi elaborada por profissionais paraenses e totalmente impressa na gráfica do DIÁRIO.

Na abertura do evento, o diretor-superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PA), Fabrizio Guaglianone, palestrou sobre o tema “Resultados e Impactos das Ações nas Micro e Pequenas Empresas do Pará”.

Segundo Fabrizio, a atividade responde por mais de 12% do PIB regional com predominância para o setor de comércio.

EMPRESAS

Em 2016, o Pará registrou aproximadamente 258 mil empresas, totalizando a geração de 216,6 milhões de negócios em apenas um ano.

(Leidemar Oliveira/Diário do Pará)

Apresentadora da Record, Sabrina Sato resolveu abrir o jogo e falou sobre sua vida íntima com Duda Nagle, seu namorado. Morando no Rio de Janeiro, onde grava a novela “Malhação”, o ator teve que se distanciar da amada.

Por conta disso, o casal teve uma reduzida em relação aos momentos sexuais. “É o seguinte: a gente conseguiria praticar muito mais se não tivesse à distância”, afirmou ela, em entrevista à revista “Glamour”.

Apesar disso, Sabrina não considera a distância tão ruim assim. “Se fosse tudo muito fácil para todo mundo, a gente não daria valor. Quando tem um fator que dificulta, apimenta mais a relação. Ele está no Rio, eu em São Paulo, mas a gente sempre se fala por conferência de vídeo”, contou.

Mesmo com a saudade, Sabrina garantiu que os dois nunca chegaram a trocar fotos íntimas. “Não mando nada via celular porque pode vazar, dar problema. Ele não gosta muito que eu mande também. Pessoalmente é muito melhor. Pra que ficar com essas coisas de internet quando tem o pessoalmente?”, ponderou.

Ainda na entrevista, a artista falou até de casamento. Namorando há dois anos com o ator, ela afirma que eles ainda não planejaram como será a cerimônia. “Quero meu vestido de noiva bem maravilhoso mesmo. Pode ser muito esperado. Ai, tem muitas amigas estilistas, eu acho que vou ter que usar uns 4 ou 5 vestidos”. Ela ainda pretende fazer um festão para 1.500 convidados e chamar todos seus amigos. “Vocês vão ter que se unir para fazer uma vaquinha para realizar essa festa”, brincou. “Quero igual ao [casamento] da Ana Beatriz Barros, em Mykonos. Três dias de festas. Tipo aquilo, mas eu quero aqui no Brasil, seja na Bahia, Rio, São Paulo ou qualquer lugar”, idealizou.




As 10 Melhores

Loka

Simone e Simaria At Anitta

Loka

Simone e Simaria At Anitta

Deu Onda

Mc G15

Santinha

Léo Santana

Santinha

Léo Santana

Aqui ó Pro Meu ex

Banda Pérola Negra

Aqui ó Pro Meu ex

Banda Pérola Negra

A Mala é Falsa

Felipe Araújo e Henrique e Juliano

A Mala é Falsa

Felipe Araújo e Henrique e Juliano

Você Faz Falta Aqui

Maiara e Maraisa

Tô de boaça

Rafa e Pipo ft Wesley Safadão

Tô de boaça

Rafa e Pipo ft Wesley Safadão

Indiferença

Sorriso Maroto

Indiferença

Sorriso Maroto

Sou EU

Ludmilla

Sou EU

Ludmilla

Enquete

Tô Ligado na 99 FM

  • No APP
  • No Carro
  • No Celular
  • No Rádio
  • No Site
Ver resultado parcial

Rádio 99 FM

Fone/Fax: (91) 3084-0111 | 3084-0170

Av. Almirante Barroso, 2190, 3º andar, Marco

Belém, PA, 66095-000